sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

ABIH lança Cartão do Hoteleiro

Durante o 54º Conotel – Congresso Nacional de Hotéis, que aconteceu no Centro de Eventos Fecomércio, em São Paulo (SP), a ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis) lançou o Cartão do Hoteleiro. Voltado para empresários e executivos do setor, o documento concede uma série de benefícios junto a cadeia produtiva do turismo.
Para obter o cartão, proprietários e funcionários de hotéis devem fazer a inscrição nas sedes da ABIH estaduais ou no site da ABIH Nacional. Após o preenchimento do cadastro, uma taxa de R$ 170 é cobrada antes da emissão do documento.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Hotelaria nacional quer adotar reaproveitamento de alimentos


Em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi), a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih) pretende promover neste ano dez seminários para tratar da reeducação alimentar e do aproveitamento dos alimentos no setor. No ano passado, a entidade promoveu três workshops com a mesma finalidade. A informação é do o presidente da Abih nacional, Enrico Fermi.
Em entrevista à Agência Brasil, ele disse que cerca de 40% dos alimentos, da produção ao consumo, são desperdiçados no país. “Daria para sustentar uma Argentina”. Segundo ele, o trabalho de conscientização da hotelaria começou no ano passado e ganhou força com o lançamento da campanha global da Organização das Nações Unidas (ONU) contra o desperdício de alimentos. Dados da ONU revelam que mais de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são desperdiçadas no mundo a cada ano.
Dois programas resultantes da parceria da Abih com o Sesi são divulgados para a hotelaria nacional: o Cozinha Brasil, de reaproveitamento de alimentos; e o Vira Vida, que tira jovens da linha da marginalidade, promove sua capacitação e os emprega na cadeia hoteleira.
Com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a associação divulga para o setor os produtos gerados pela agricultura familiar, reduzindo os prejuízos causados pelos atravessadores. “Quando cai na mão do atravessador, o pequeno produtor fica somente com 15% do preço final. A hotelaria está comprando direto através do site do ministério”.
No dia 19 de março, a Abih organizará o primeiro workshop deste ano dentro do programa de combate ao desperdício de alimentos, em João Pessoa (PB). Os próximos locais e datas serão definidos pela entidade em conjunto com o Sesi e o MDA.
Para Enrico Fermi, a campanha da ONU vem em um momento oportuno. Ele lembrou que a sustentabilidade é montada em um tripé: ambiental, social e econômico. A entidade quer capacitar todos os chefes de cozinha da rede filiada para a reciclagem de alimentos.
A ideia, informou, é conseguir “não mais de 10%” de desperdício, que hoje é da ordem de 30% na hotelaria brasileira. Ele ressaltou, entretanto, que grande parte dessa perda não ocorre dentro dos hotéis, mas na área de transporte e de infraestrutura. “Dentro dos nossos estabelecimentos, a gente quer reduzir em 30% logo no primeiro momento. Depois, em um processo de educação, a gente quer conseguir avançar com isso”.
No Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro (SindRio) a campanha da ONU está sendo vista “como um dos grandes assuntos do momento, do setor”, segundo informou à Agência Brasil o presidente da entidade, Pedro de Lamare. Ele acabou de chegar de Lyon, na França, onde participou de uma feira mundial cujo tema principal era a gastronomia sustentável e o combate ao desperdício.
“Acho que cada empresa está fazendo a sua parte. E a ideia é que a gente (SindRio) comece a coordenar esse trabalho”. No final do ano passado, o SindRio criou a diretoria de Sustentabilidade, que vai tratar mais diretamente do tema do desperdício de alimentos.
Para ele, a busca da sustentabilidade é uma tendência global, acentuou. “Não tenho dúvidas que esse é um caminho irreversível. E até de uma maneira mais extensa”. O assunto, enfatizou, tem a ver com a questão da agricultura intensiva, do esgotamento do solo, da origem dos alimentos. “É um trabalho conjunto, de um ciclo todo que a gente tem que analisar”.
Fonte: Abrasel Bonito

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Criada nova RPPN em Bonito/MS


Foi publicado no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul nesta última segunda-feira (18), a resolução da criação da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) na fazenda Estância Mimosa Ecoturismo, localizada no destino de ecoturismo - Bonito.

O processo para criar a RPPN Estância Mimosa iniciou-se em 2007, e incentivados pelo 4° Edital do Programa de Incentivo às RPPN do Pantanal viabilizado pela REPAMS (Associação de Proprietários de Reservas Particulares do Patrimônio Natural de Mato Grosso do Sul) foi uma oportunidade para sua finalização junto ao órgão ambiental.

66% da área total da fazenda Estância Mimosa é transformada em RPPN.

RPPN

Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) é uma categoria de Unidade de Conservação (UC) prevista no Sistema de Nacional de Unidade de Conservação (SNUC - Lei 9.985/2000), criada pela vontade do proprietário rural, ou seja, sem desapropriação de terra. No momento em que decide criar uma RPPN, o proprietário assume compromisso com a conservação da natureza, pois uma vez criada, será para sempre.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Azul anuncia voo regular entre Bonito e Campinas


A empresa aérea Azul anunciou que a partir de março colocará voos diretos de Campinas/SP para Bonito/MS


A empresa aérea Azul confirmou na última sexta-feira (15) o inicio de um voo direto entre Bonito/MS e Campinas/SP a partir do dia 24 de março. Segundo o governador André Puccinelli, o novo voo não terá escalas e será operado entre o aeroporto da cidade sul-mato-grossense que é considerada capital do ecoturismo e o aeroporto Viracopos duas vezes por semana.

Esta nova linha é uma antiga reivindicação do setor turístico e dos visitantes, pela facilidade gerada aos passageiros, que não precisarão de escalas em Campo Grande.

Segundo o governador, a nova rota será operada às quintas-feiras e domingos, partindo de Viracopos às 11h e chegando em Bonito às 12h20. Já o voo de retorno parte às 12h45 e chega a Campinas às 16h18, duração especial pela diferença de fuso horário.

A expectativa da Fundtur (Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul) e do setor é que a iniciativa beneficie a realização de congressos e seminários, além do ecoturismo.

"É uma conquista importante. A ligação direta com Campinas coloca Bonito ligado direto ao mundo, porque aquele aeroporto é um terminal internacional de destaque, considerado hoje um importante centro de distribuição de voos”, afirma a presidente da Fundação, Nilde Brun.



terça-feira, 29 de janeiro de 2013

CNN Travel elege melhores hotéis para observar as estrelas

Na Lapônia, o turista pode observar as estrelas de dentro de seu próprio iglu Foto:  / Divulgação
Na Lapônia, o turista pode observar as estrelas de dentro de seu próprio iglu

Alguns hotéis se destacam por suas suítes de luxo, outros por suas incríveis piscinas. Mas nesta lista, feita pelo site CNN Travel, o barato é aproveitar a noite, e as localizações destes hotéis são ideais para curtir a beleza de céus estrelados. 

Hyatt Regency Maui Resort and Spa, Estados Unidos
O hotel Hyatt Regency Maui Resort and Spa oferece um jeito diferente e divertido de explorar o céu brilhante do Havaí. Após o pôr-do-sol, o Tour das Estrelas leva os hóspedes ao teto do hotel para conhecer, guiados por um astrônomo e com a ajuda de um teléscopio, as diferentes constelações. A versão romântica da atração vem acompanhada de champanhe e morangos com chocolate. 

Elqui Domos, Chile
Situado no vale de Elqui, cercado por vinhedos e pelos picos dos Andes, o “hotel astronômico” Elqui Domos ocupa um espaço privilegiado numa área com um dos céus mais estrelados do hemisfério sul. Os hóspedes recebem palestras sobre astronomia e aproveitam o observatório astronômico para conhecer as estrelas. Tanto os quartos com forma de iglus quanto os quartos-observatórios vêm equipados com telescópios para que os hóspedes possam fazer suas próprias explorações. 

3100 Kulmhotel Gornergrat, Suíça
Com vista para as montanhas nevadas dos Alpes suíços, a 3,1 mil metros acima do nível do mar, o 3100 Kulmhotel Gornergat é ideal para astrônomos amadores. No topo de duas torres de pedra, observatórios bem equipados e com explicações claras permitem apreciar o limpo céu estrelado da região. 

Kirroughtree House Hotel, Escócia
Antiga mansão familiar do século 16 no coração da floresta de Galloway, o Kirroughtree House Hotel aproveita uma das noites mais escuras da Europa para combinar o luxo e a sofisticação da estadia com diferentes pacotes para observar as estrelas com a ajuda de um astrônomo. O hotel leva os visitantes em excursões pela floresta com cobertores e chocolate quente para maior conforto na hora da observação noturna. 

Sanctuary Baines’Camp, Botsuana
No coração da reserva de Moremi, no delta do Okavango, o Sanctuary Baines’Camp é um lodge de luxo com apenas cinco suítes sobre o rio Boro. Além de avistar animais como hipopótamos, zebras e leopardos durante o dia em expedições de jipe ou caiaque, os hóspedes curtem a beleza das intensas estrelas deitados nas camas com vista para o céu. 

Gran Hotel Bahia del Duque Resort & Spa, Espanha
Magnífico resort de Tenerife, nas ilhas Canárias, o Gran Hotel Bahia del Duque Resort & Spa tem cinco piscinas, trezentos quartos e dez restaurantes, numa mistura de estilos coloniais do século 19 que dá um charme único ao hotel.  Aproveitando o céu límpido da ilha, situada a 300 km do litoral da África, o hotel construiu seu próprio observatório para apresentar a beleza das estrelas aos hóspedes. 

Ayers Rock Resort, Austrália
Situado no coração do deserto australiano, o Ayers Rock Resort tem uma opulência que contrasta com as paisagens áridas ao seu redor. Além de churrascos tradicionais da Austrália à luz do luar, o hotel oferece um Astro Tour, que usa iPads, telescópios e binóculos para maravilhar os visitantes e ensinar as bases da astronomia. 

Kasbah Hotel, Marrocos
No eixo do vale de Draa, ao sul de Marrakesh, o Kasbah Hotel tem uma arquitetura que imita a dos fortes da arquitetura marroquina. Longe de qualquer cidade, o hotel tem dois observatórios e numerosos telescópios instalados ao longo das muralhas para apreciar o céu estrelado e brilhante da região. 

Hotel Kakslauttanen, Finlândia 
Em meio à vasta e gelada região da Lapônia, pinheiros gigantes elevam-se sobre 40 cabanas equipadas com lareira e 20 “iglus” de vidro térmico. Além do cenário que se avista destas acomodações e o céu estrelado, o espetáculo fica ainda mais impressionante durante os meses de dezembro a abril, com a presença de auroras boreais, um dos fenômenos mais impactantes criados pela natureza.

Sossusvlei Lodge, Namíbia
Considerado como um dos melhores lodges da África, o Sossusvlei Lodge é um eco-resort no coração do deserto do Namíbe, muito preocupado com o cuidado do meio-ambiente e das comunidades locais. À noite, após um dia explorando as maravilhas naturais, os hóspedes podem curtir o céu com telescópios e ajuda da equipe do hotel, conhecendo melhor as numerosas estrelas que brilham sobre suas cabeças.  

Soneva Kiri, Tailândia
Situado num ponto tranquilo e afastado da ilha de Koh Kood, no litoral da Tailândia, o hotel Soneva Kiri é ideal para relaxar mergulhando, fazendo trilhas e degustando a gastronomia local. Além destas atividades, o hotel conta com seu próprio obervatório para apreciar a beleza do céu escuro e estrelado. 

Hotel Ranga, Islândia
O céu da Islândia é um dos mais impressionantes do planeta, oferecendo um espetáculo incrível aos turistas. Além das estrelas com um brilho intenso, o país tem frequentes aparições de auroras boreais, que podem ser apreciadas de dentro dos jacuzzis externos do hotel Ranga, numa garantia de uma noite espetacular acompanhada de pratos de gastronomia local, como carpaccio de rena. 

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Hotéis com cassino fazem sucesso entre turistas apostadores

Hotéis espalhados pelas ilhas possuem cassinos em suas dependências atrair hóspedes apostadores Foto:  / Shutterstock


Quem sempre sonhou em conhecer um cassino de perto pode aproveitar as férias no Caribe para realizar o desejo sem sair do hotel. Isso porque, na região de ilhas, diversos empreendimentos hoteleiros contam com casas de jogos instaladas dentro de sua área. Atividades nas roletas da sorte, além de drinques típicos e apresentações teatrais e musicais fazem a alegria dos turistas apostadores.
Confira, abaixo, seis hotéis caribenhos com cassino para ficar hospedado com muito conforto e diversão nas próximas férias.
 
Cena do Filme "Casino Royale", da franquia 007.
Hard Rock Hotel & Casino - República Dominicana
Além de desfrutar das comodidades de um hotel quatro diamantes, os hóspedes do Hard Rock Hotel & Casino de Punta Cana (República Dominicana) podem aproveitar as vantagens de um casino in door com 40 mesas de jogo com pôquer, blackjack (carteado que exige especial estratégia de competição), baccarat (jogo de cartas famoso pelo filme “James Bond - Casino Royale”), roleta e tenda. Dentro do empreendimento ainda existem 400 máquinas de apostas.


Atlantis Paradise Islands - Bahamas
Um dos maiores cassinos do Caribe fica localizado dentro do hotel Atlantis Paradise Islands, em Nassau (Bahamas). Com mesas de carteado, dados, roleta e mais de 750 máquinas de apostas, o local atrai apostadores novatos e veteranos. Além do cassino in door, os hóspedes podem aproveitar algumas mesas que ficam dispostas nos decks para praticar seus jogos preferidos sem perder nenhum minuto do sol caribenho.


Sonesta Maho Beach Casino & Resort - St. Maarten
Os hóspedes do Sonesta Maho Beach, em St. Maarten, podem aproveitar o tempo dentro do hotel para realizar suas apostas nas mesas de blackjack e pôquer, ou ainda tentar a sorte nos caça-níqueis que ficam dispostos no próprio saguão. Para os clientes, a localização das máquinas é perfeita, pois, entre uma saída e outra, é possível aproveitar para se divertir com outros apostadores.


Sheraton Old San Juan Hotel & Casino - Porto Rico
Dentro do Sheraton Old San Juan Hotel & Casino, em San Juan, está localizado um dos maiores cassinos de Porto Rico. Com 350 máquinas caça-níquel e mesas de apostas com carteado, blackjack, pôquer, caribbean stud poker (jogo parecido com o clássico five stud), o espaço de 650 metros reúne apostadores de todos os níveis, dos ocasionais e iniciantes aos veteranos, que visitam o destino caribenho.


Hyatt Regency Aruba Resort & Casino - Aruba
Os clientes do Hyatt Regency Casino, em Aruba, podem desfrutar de momentos de emoção em uma das 255 máquinas caça-níquel ou disputar um lugar nas 25 mesas de carteado, acompanhados de drinques preparados pelos bartenders. O espaço fica localizado dentro do Hyatt Regency Aruba Resort & Casino, em Palm Beach.


Trupial Inn Hotel & Casino - Curaçao
Em Curaçao, um dos melhores destinos para quem busca não apenas belas paisagens, mas também muita emoção nas mesas de apostas é o Truppial Inn Hotel & Casino. Além das mesas e máquinas de apostas, os jogadores e hóspedes podem apreciar apresentações musicais acompanhadas de bebidas servidas no bar do Hill Ross Casino.


sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Hotéis de Corumbá já estão ficando sem vagas para o Carnaval


A rede hoteleira de Corumbá conhece muito bem a movimentação durante o período de carnaval. Tanto é que muitas reservas são feitas a partir do ano anterior e, agora, não foi diferente. É o que explica Luciane Ferreira Toledo, gerente de um hotel da cidade. Segundo ela, “para este carnaval as reservas começaram bem antes, em setembro. Já recebemos muitos pedidos e agora estamos com quase todas as nossas acomodações preenchidas. Acredito que, com a divulgação da nossa festa na mídia, em pouco tempo estaremos lotados”, comentou.

Monica Marques, gerente de outro hotel, afirma que, neste período, todos os apartamentos estão lotados, e que às vezes, é preciso arrumar camas extras. “Temos clientes que reservam quartos triplos e algumas vezes acabam vindo mais pessoas. Aí temos que dar um jeitinho e colocar mais algumas camas extras nos leitos”, adiantou.

Zona rural

Os hotéis pesqueiros, localizados a 70 km da cidade, também ficam lotados nessa época do ano. “Eu sempre recebo turistas que aproveitam o feriado do carnaval para descansar e conhecer o Pantanal. Mas muitas das vezes, eles acabam indo até a cidade para aproveitar a folia ou até mesmo para ver o desfile”, disse Odila Silveira, proprietária de um hotel pesqueiro, que está viabilizando a compra de um camarote na Passarela do Samba, para atender um grupo de turistas de Belo Horizonte, que vai passar o carnaval na região.

O carnaval movimenta também a economia do comércio, segundo o vice-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Corumbá, Lourival Vieira Costa. “Os turistas aquecem as vendas nesta época. Nas lojas comerciais, esperamos um aumento nas vendas de 5%. Já nos bares e restaurantes, 20%. Nestes locais, o fluxo de pessoas é bem maior”.

Para o gerente de uma empresa de transporte intermunicipal, Gesiel Rodrigues Santos, o movimento maior acontece durante a folia. “A maioria das pessoas deixa pra vir na semana ou mesmo na sexta-feira de carnaval. Por conta disso, para essa data vamos dobrar o número de carros, ou seja, estaremos trabalhando com 12 carros, a princípio, mas se for preciso colocaremos mais”, adiantou.